Ilha de blindados da EXPOSEC expõe a convergência do segmento com a segurança eletrônica

blinda
A feira de segurança, EXPOSEC, manterá sua tradicional ilha de blindados na edição deste ano. O evento, que ocorre de 22 a 24 de maio no São Paulo Expo Exhibition Center, é organizado pela Cipa Fiera Milano e realizado pela Abese – Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, cujo mercado cresceu mais de 8% no ano passado e mantém perspectivas positivas para 2018.

O diretor comercial da Cipa Fiera Milano, Rimantas Sipas, afirma que a feira oferece aos empresários a chance de se atualizar e fechar novos negócios neste que é reconhecidamente um dos eventos mais importantes do mundo no setor. “Trata-se da principal vitrine tecnológica de segurança de toda a América Latina e, na edição anterior, tivemos mais de 800 expositores e um público superior a 42 mil profissionais visitantes. Buscamos, ano após ano, promover edições cada vez melhores e mais abrangentes”, diz.

Para a presidente da Abese, Selma Migliori, há uma convergência entre blindados e eletrônicos, pois se as pesquisas indicam que equipamentos eletrônicos podem reduzir em até 85% os roubos quando são instalados onde não havia nenhum tipo de sistema, pode-se imaginar a segurança extra trazida pela combinação com guaritas, janelas, portas, portões e carros blindados.

O diretor da empresa de blindagem de carros Front Gard, Rafael Martins, parece concordar ao destacar que, independente do segmento da maioria dos expositores, o público-alvo vai relacionar todos os demais produtos e serviços expostos à segurança, à proteção, e entendê-los como complementares. Segundo a Abrablin – Associação Brasileira de Blindagem, o Brasil é o país com o maior número de veículos blindados do mundo, cerca de 200 mil.

Em paralelo à feira, ocorrerá o Curso Mapeamento de Vulnerabilidade em Segurança Empresarial com o palestrante Luiz Carlos Gabriel. O ponto principal será identificar o processo de gestão de segurança e os procedimentos preventivos capazes de mitigar riscos inerentes aos negócios. E buscará fornecer conhecimentos teóricos e práticos de como mapear a real situação da vulnerabilidade em segurança empresarial, aplicando os meios corretivos de maneira econômica na eliminação ou atenuação de riscos.

Também serão realizados diversos workshops e congressos, como o Cobrase | Congresso Brasileiro de Segurança, que é um polo de intercâmbio de informações e conteúdo com ampla programação de palestras de especialistas nas áreas de gestão profissional, sistemas de comunicação, regulamentação e tecnologia de segurança. Além disso, os expositores também ministrarão palestras no espaço gratuito Exposhow – Palestra dos Expositores, disseminando conhecimento e fazendo networking.


Fonte:
 Portal Radar / Revista Blindagem e Segurança – Pág. 18
Data: 01/01/2018