flag_br-1.png

Marque a #Exposec2024

04 a 06

Junho

2024

SÃO PAULO EXPO / SP
13h às 20h

(11) 5585-4355 / (11) 3159-1010

comercial@fieramilano.com.br

Fiera Milano Brasil

(11) 5585-4355 / (11) 3159-1010 |

Marque a #Exposec2023

04 a 06

Junho

2024

Fiera Milano Brasil

Marque a #Exposec2023

O que esperar para a Positivo (POSI3) com a entrada no segmento de segurança eletrônica?

Positivo (POSI3) anunciou na ExpoSeg 2023 sua entrada no mercado de segurança eletrônica voltado para o canal B2B.

A Positivo (POSI3) anunciou nesta semana, na ExpoSec 2023, sua entrada no mercado de segurança eletrônica voltado para o canal B2B, com a divulgação de um amplo portfólio de soluções de automação e segurança eletrônica, incluindo dispositivos de circuito fechado de televisão (CFTV) analógicos e digitais, uma linha completa de câmeras, gravadores, sistemas de videomonitoramento, centrais de alarme, sensores de detecção de intrusão, roteadores, switches e acessórios para sistemas de segurança.

A XP e a Genial Investimentos comentaram suas visões sobre a entrada da Positivo em um novo segmento, que movimenta cerca de R$ 11 bilhões por ano, com um crescimento anual de 15%.

Para a XP, o anúncio da Positivo pode representar uma avenida de crescimento importante para a companhia, sendo o maior desafio a formação de novas parcerias com revendedores e integradores, dado a dominância da Intelbras (INTB3) com 50% de market share e uma rede de distribuição diferenciada e bem estabelecida gerando uma barreira relevante a novos entrantes nesse canal. Outros players relevantes, como WEG ([ativo=WEG3]) e Multi (MLAS3), também estão tentando expandir sua presença nesse mercado, mas ainda não possuem uma rede dominante e muito capilar.

Analistas da XP destacam que a Positivo está lançando um programa de canais para atrair instaladores para auxiliar nessa construção de rede.

“Migrando para um novo modelo de negócios, a Positivo acredita que a nova unidade será relevante para a empresa por causa do reconhecimento da marca de 34 anos no mercado, da experiência em soluções baseadas em Internet of Things (IoT) e da capilaridade de amplitude nacional”, comenta a Genial Investimentos, em relatório.

“A capilaridade do negócio passa pelo programa Parceiro Positivo SEG, um canal de apoio aos integradores de ponta a ponta nas revendas e redistribuições”, explica a Genial.

Segundo relatório da Genial, a Positivo espera uma sinergia entre a base instalada da companhia no segmento de computadores e o mercado de segurança eletrônica. Conforme uma pesquisa interna da Positivo, entre 400 e 500 parceiros de um canal de 4.000 integradores de computadores também estão no segmento de segurança.

Com relação ao Capex (investimento), a companhia projeta um investimento inicial na constituição do portfólio e formação dos canais de aproximadamente R$ 40 milhões e a maior parte será destinada para capital de giro devido ao longo ciclo de caixa.

Além disso, a projeção de investimento em P&D (Pesquisa & Desenvolvimento) para 2023 está entre R$ 170 milhões e R$ 200 milhões. Inicialmente, o software e hardware serão terceirizados, mas já com a especificação da Positivo. Em 1 ano, é esperado que 80% dos materiais serão produzidos no Brasil e que o software tenha um melhoramento próprio pela Positivo.

A XP possui recomendação de compra para as ações da Positivo, com preço-alvo de R$ 16 para o fim de 2023 (upside de 77% frente o fechamento de quinta), enquanto a Genial tem recomendação de manutenção, sem preço-alvo para os ativos.

Para Intelbras, a Genial Investimentos pontuou que a empresa apresentou novos produtos para o B2B e o B2C que dispõem de inteligência artificial (IA), além do plano de expandir para novos mercados, sendo a principal notícia o Defense IA 3.0, uma nova versão do software de segurança e controle de acesso para B2B que administra todo o ecossistema de segurança eletrônica da Intelbras de maneira unificada e compatível.

Em relação aos produtos de hardware, a Intelbras anunciou duas novidades: 1) câmeras full color, que conseguem capturar imagens coloridas de objetos em movimento em ambientes sem iluminação; 2) novos controladores de acesso que dispõem biometria facial e digital focados no B2B.

Sobre o B2C, a companhia divulgou o lançamento do novo aplicativo da casa inteligente, o Mibo Smart. Anteriormente, as plataformas Izy Smart (central de controle da Casa Inteligente) e Mibo Cam (para câmeras de segurança) eram descentralizadas. Agora ambas são unificadas num único aplicativo que possui novas funcionalidades como detecção de pessoas, cerca geográfica e armazenamento em nuvem. Ademais, a Intelbras começou a expandir para o mercado de energia com o lançamento de uma linha.

 

Fonte: compreiativo.com.br

Compartilhe este Conteúdo

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha Plus loading...

Buscar Artigos

Artigos Relacionados